quarta-feira, 13 de julho de 2016

Bolachinha de Polvilho

Férias, tempo em casa, arrumações, café e... um biscoitinho caseiro!
Vovó fazia muitas receitas de quitutes, então qualquer uma é lembrança das latas cheias. Esta é uma delas. Mantive a medida (prato fundo) para seguir a tradição e por ser muito comum nas receitas caseiras de família. O "modo de fazer" é texto meu, porque só encontrei os ingredientes no caderno antigo. Testei e funcionou!




Ingredientes:

1 prato (fundo) de polvilho doce
1 prato (fundo) de açúcar
1 prato (fundo) de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de margarina
1 colher (sopa) de fermento químico
3 ovos
leite para dar ponto (1 ou 2 colheres)

Preparo:

Misture todos os ingredientes, exceto o leite, amasse e se precisar acrescente o leite aos poucos. Faça rolinhos de uns 12 cm, dobre ao meio e torça. Ou invente outra forma. Rende três formas retangulares grandes. Asse em forno moderado.

domingo, 29 de março de 2015

Risoto Milanês

Não há muitas coisas a dizer sobre esta receita, mas vou retomar sua história... Encontrei-a numa revista Cláudia Cozinha, que é muito boa - preciso assiná-la! A revista era da minha colega e vizinha Cláudia Minghini, também apaixonada, como eu, pela cozinha, pelas artes e pelo cinema. Emprestei várias de suas revistas e fiz um grande apanhado das melhores. Entre elas, o RISOTO MILANÊS. Risoto é meu prato preferido, primeiro, porque é arroz, segundo, porque é arroz e, terceiro, porque é arroz... ARROZ é minha comida predileta... molhadinho e saboroso fica perfeito. Mas soltinho e branquinho, como a da minha mãe, é inigualável (ainda preciso postar os truques do arroz da Dona Preciosa!). Ontem, recebendo Dida, Laura Maria, tia Maria e tia Cecília, fiz o risoto e o sucesso foi grande, tanto que a Tica, à noite, já estava pedindo a receita... e aqui está:

Risoto Milanês

Ingredientes:

8 xícaras (chá) de água fervente (Vai sobrar, mas é melhor do que faltar. Guarde a sobra, congele e aproveite em outra ocasião)
1 ½ xícara (chá) de arroz arbóreo ou carnaroli
1xícara (chá) de vinho branco seco
½ xícara (chá) de manteiga
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado - ou mais, a gosto!
3 tabletes de caldo de galinha ou legumes (prefiro de legumes)
1 cebola pequena picada
Estigmas de açafrão a gosto - ou 1/2 colher (café) de açafrão em pó

Preparo:


  1. Coloque a água para ferver em uma panela média, dissolva completamente o caldo em uma xícara com parte dessa água, misture ao restante e aguarde a fervura. Quando estiver quase fervendo, inicie o risoto e abaixe o fogo da água para mantê-la aquecida.
  2. Em outra panela, coloque metade da manteiga e a cebola, refogue em fogo médio, mexendo sempre por 2 minutos ou até a cebola ficar macia. Adicione o arroz e refogue, sem parar de mexer, por um minuto.
  3. Regue o arroz com o vinho, misture e cozinhe por um minuto ou até o líquido evaporar.
  4. Retire uma xícara do caldo de galinha e misture o açafrão. Despeje na panela com o arroz. Aos poucos, acrescente o caldo restante, duas conchas grandes de cada vez, à medida que o arroz for secando. É importante adicionar o caldo aos poucos. Do contrário o risoto não ficará úmido.
  5. Não pare de mexer até o arroz ficar “al dente” (aproximadamente 30 minutos). Apague o fogo e observe a textura do prato. O arroz deve estar com a aparência cremosa. Se não mexer, o arroz não vai desprender amido – o que lhe dá cremosidade.
  6. Junte a manteiga restante e o queijo parmesão. Misture, tampe a panela (gosto de colocar um papel - saquinho de pão - entre a panela e a tampa) e deixe descansar por aproximadamente 2 minutos. Se quiser, transfira para uma travessa ou, se a panela for apresentável rsrsrsrs, sirva nela mesmo. Eu costumo usar panela de barro capixaba, daquelas de moqueca, assim mantém o risoto bem aquecido. Salpique mais queijo ralado por cima e, se quiser - ou nenhum adolescente reclamão for comer - salpique também cheiro-verde para dar cor, aroma e um toque caseiro. Se usar estigmas de açafrão, use-as também para decorar. Sirva imediatamente.
  • O tempo de descanso é necessário para finalizar o cozimento.
  • Os tipos de arroz indicados são mais apropriados porque desprendem mais amido, deixando o prato úmido e cremoso.
04 porções
430 calorias/porção

Revista Cláudia – Minghini - Cozinha, março/2002

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Torta de Ricota

Toda receitinha realmente tem sua história. Esta torta de ricota eu aprendi com a Andreia, em uma visita que fizemos para conhecer e dar um palpite na construção de sua casa. Cheiro de mato, vista privilegiada, madeira da construção, a Mariana um bebezinho e torta de ricota na casa antiga. Receita fácil, aprendi na hora e nunca mais deixei de fazer. É deliciosa com café e prosa. Hoje, na escola, levei para o café da tarde e todos gostaram, pediram a receita e aqui está. Mas há uma lembrança triste que marca esse sabor: em 12 de junho de 2002, fiz a torta de ricota para esperar minha avó chegar, para passar uns dias em casa - estava ansiosa para que ela provasse - e também para assistir a um jogo do Brasil, na Copa do Japão, de madrugada; mas, após o jogo, a notícia: já era 13 de junho, dia de Santo Antônio e a vovó não veio, partiu naquela manhã.

Torta de Ricota

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
1 embalagem de ricota
4 ovos
Uvas passas pretas a gosto

Preparo:

Bata tudo no liquidificador, menos as passas. Em seguida, misture as passas e coloque em uma forma untada com margarina e leve para assar. Quando espetar um palito e sair limpo, aguarde dourar por cima e está pronta.



Um Cientista na Cozinha - Sal - Receita

Torta de Frango



Ingredientes:

Recheio:

1 kg de peito de frango, desossado, cozido e desfiado
1 lata de milho
1 lata de ervilha
1 tomate picado
1 cebola picada
1 xícara (chá) de cheiro-verde picado
2 colheres (sopa) de azeite
Sal a gosto

Massa:

3 ovos
1 copo (americano) de óleo de soja
1 copo de leite
2 copos de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento
Sal a gosto

Modo de Preparo:

1. Em um recipiente separado, misture os ingredientes do recheio e reserve.
2. Bata os ingredientes da massa no liquidificador e se preciso adicione leite, conforme a homogeneidade da massa.
3. Unte a forma com margarina e farinha de trigo.
4. Despeje metade da massa na forma, o recheio e o restante da massa.
5. Levar ao forno por 30 minutos a 180º.


Isabella Esteves – 1ºD

Um Cientista na Cozinha - Chocolate - Receita

Leite Condensado Caseiro

Ingredientes:

1 copo (americano) de açúcar cristal
1 copo (americano) de água morna
½ xícara (chá) de água fervente
1 xícara (chá) de leite em pó

Modo de Preparo:


Bater no liquidificador todos os ingredientes até obter o ponto de leite condensado.

Um Cientista na Cozinha - Chocolate

Composição de cada tipo de chocolate
Fonte: Museu do Chocolate - Bruges, Bélgica